Ultimas Notícias

recent

Inglaterra envia sistema de mísseis para fronteira da Rússia temendo invasão


15 de novembro de 2016 - 01:50:02


A Grã-Bretanha está armazenando um arsenal de mísseis de longo alcance na porta da Rússia sobre medos de que Vladimir Putin poderia invadir a Europa oriental.

Baterias de alta precisão com foguetes de longo alcance serão implantados na Estônia na Europa Oriental pela primeira vez desde a Guerra Fria.

A OTAN está acumulando forças nos Estados bálticos em meio a temores de que Vladimir Putin estaria mobilizando um exército que poderia conquistar a Europa em apenas 60 horas.

O secretário de Defesa Michael Fallon confirmou tanques, aviões e cerca de 800 soldados iria se juntar a forte força de defesa de 15 países.

Soldados da Dinamarca, os EUA e da França irão se juntar ao reforço militar que visa neutralizar a agressão russa nos países bálticos.

Guided disse que os sistemas de lançamento de foguetes do Reino Unido (GMLRS) são capazes de abater os tanques de Putin com 12 mísseis por hora de até 45 milhas de distância. Os lançadores que custam por volta de £ 200 tem ogivas guiados por GPS.

Durante a guerra do Afeganistão em 2007 os mesmos mísseis foram utilizados com resultados ameaçadores e deixou os especialistas impressionados com o seu poder destrutivos.

Redes de túneis do Taliban na província de Helmand foram bombardeados com cerca de 410 foguetes.

Grã-Bretanha também pode enviar drones táticos, e os seus famosos tanques Challenger 2, além de blindados de artilharia pesada, soldados e veículos de infantaria.

Segundo as autoridades Britânicas, o medo com a segurança dos Estados bálticos se elevou depois que o presidente eleito Donald Trump sugeriu que ele pode retirar o apoio dos EUA à OTAN.

Peritos da OTAN disseram ao Daily Star Online que Trump poderia "significar o fim" para a força de defesa devido à sua relutância em honrar artigo 5.

De acordo com o artigo 5 do Tratado de Washington, um ataque contra um aliado da OTAN é considerado um ataque contra todos.

Em uma entrevista ao The New York Times, o republicano bilionário sugeriu que ele iria cortar o apoio militar a Europa se outros estados não elevarem os seus fundos para a OTAN.

O chefe do Exército, o general britânico Sir Richard Shirreff acredita que é necessário enviar centenas de soldados para a Europa Oriental, a fim de frustrar uma agressão russa.

Ele disse ao Mail Online: 
"A menos que seja uma força permanente, então não é credível. A implantação de 800 soldados do Reino Unido é um começo, mas não pode ser apenas isso.
"Eu também gostaria de ver a Grã-Bretanha assumir a liderança na proteção dos Estados bálticos, em particular após Brexit.
"A OTAN como um todo, deve fazer uma declaração de que está disposto e capaz de defender esses países."
Suas palavras vem depois de Putin dizer para a OTAN parar de ser "tão agressivo" além de dizer que "não estamos ameaçando ninguém".

Fonte: Daily Star
Inglaterra envia sistema de mísseis para fronteira da Rússia temendo invasão Reviewed by Conflitos Guerras on 02:12:00 Rating: 5
All Rights Reserved by Conflitos e Guerras © 2014 - 2016
Designed by SoSothemes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.