Ultimas Notícias

recent

Donald Trump disse que os EUA não irão mais certificar o acordo nuclear com o Irã e anuncia novas sanções.

13 de outubro de 2017 - 16:05:12



Em um pronunciamento feito a poucas horas, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que não irá mais certificar o acordo nuclear assinado com o Irã e que seu governo irá impor novas sanções contra o pais islâmico.

[post_ad]A medida de Trump não acaba de imediato com o acordo nuclear, porem, abre uma oportunidade para que o congresso americano vote por mais sanções ao Irã.

Alguns paises se mostraram bastantes preocupados quanto a decisão.

Russia disse está desapontado com Donald Trump e que sua atitude é algo bastante preocupante.

China também se manifestou e disse que decisão de Trump pode inflamar ainda mais as tensões na região.

Israel disse que o pronunciamento de Trump, abre brechas para um guerra contra o Irã.

União Europeia junto da Grã-Bretanha, disse que não aceitará a pressão norte americana contra o acordo nuclear.

Em um ato de revolta, o Governo do Irã, alem de dizer que os EUA são os fundadores do ISIS disse que irão responder a qualquer custo contra as novas sanções.

Na Alemanha, Angela Merkel disse que irá fazer de tudo para convencer os EUA a não desistir do acordo nuclear.

CERTIFICAÇÃO DO ACORDO NUCLEAR

Para entender melhor o que a atitude de Donald Trump implica,  primeiro precisamos entender como funciona essa certificação ao programa nuclear iraniano.

O acordo nuclear iraniana, foi assinado por vários países e a cada um período de tempo, eles verificam se o Irã está cumprindo com a determinação do acordo.

No caso dos EUA, a cada 90 dias, o governo faz um especie de auditoria para verificar o cumprimento do acordo, caso tudo esteja nos conformes legais ao acordo, os EUA emitem um certificado de conformidade ao Irã, que no caso certifica de que não há nenhuma contravenção por parte dos iranianos ao acordo.

Caso essa certificação não seja emitida, o acordo não é desfeito automaticamente, já que ele também conta com outros países reconhecedores e não somente os EUA, porem, isso da ao Congresso Norte Americano, a possibilidade de votar novas sanções ao governo do Irã, que no caso, são punições econômicas severas e limites ao programa nucelar e armamentistas do Irã e isso é o que poderia por fim ao acordo.

NOVAS SANÇÕES

Em seu pronunciamento, Donald Trump ordenou que o congresso elabore e vote novas sanções ao Irã, o que pode gerar uma grande desavença com os países apoiadores ao acordo.

Se acatado o pedido de Trump, o congresso irá votar e impor novas sanções em até 60 dias contra o irá.

Uma das sanções será aplicada contra a Guarda Revolucionária do Irã, sendo que o próprio presente dos Estados Unidos disse que a colocaria na lista de organizações terroristas. Se feito, os americanos podem até realizar ataques contra a guarda.

Caso o irã venha a levar o seu programa nuclear a frente, mesmo com as sanções impostas, até Israel deixou claro que irá atacar suas instalações nucleares para reduzir sua capacidade atômica, o que poderia levar a uma grande guerra regional.

Basta agora saber, como o congresso americano irá se comportar diante do pronunciamento de Donald Trump.

Por Conflitos e Guerras.
Donald Trump disse que os EUA não irão mais certificar o acordo nuclear com o Irã e anuncia novas sanções. Reviewed by Conflitos Guerras on 16:09:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

All Rights Reserved by Conflitos e Guerras © 2014 - 2016
Designed by SoSothemes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.