Ultimas Notícias

recent

Mídia Chinesa: China terá que assumir o "caminho militar" se a Índia não ouvir.

05 de julho de 2017 - 00:55:14


Especialistas na China alegaram que a Índia está provocando a China porque queria provar aos EUA que poderia conter a China enquanto o primeiro-ministro Narendra Modi estava nos EUA.
"A China seria forçada a usar uma "maneira militar" para acabar com o impasse no setor de Sikkim se a Índia "recusar-se a escutar", disse um especialista chinês.
À medida que o impasse na área de Doklam continuou durante a terceira semana, o mais longo entre os dois países, a mídia oficial na China e os grupos de reflexão em Pequim disseram que "a guerra é possível se o conflito entre a Índia e a China não for tratado adequadamente ".
"A China está tentando fazer o melhor para usar as lições históricas para argumentar com a Índia e mostrar sinceridade na resolução pacífica do problema, mas se a Índia se recusasse a ouvir, a China não teria outra opção senão usar uma maneira militar de resolver o problema", Hu Zhiyong, pesquisador da Academia de Ciências Sociais de Xangai, Disse ao Global Times, um executivo estatal.
Hu afirma que após a visita do primeiro-ministro indiano, Narendra Modi aos EUA, a Índia começou a provocar a China pôs quer provar aos americanos que pode conter a China,, porem Hu disse que Donald Trump não é como seu antecessor, Barack Obama.
"Barack Obama acreditava que a Índia era importante porque eles compartilhavam dos mesmos valores, mas Donald Trump é muito pragmático e ele não trata a Índia como um aliado valioso porque Nova Deli é muito fraca para confrontar Pequim", Sr. Hu Afirmou.


"Embora a Índia sempre trate a China como seu maior rival, a China não pensa assim, já que a Índia está muito atrás da China", afirmou Song Zhongping, um especialista militar com sede em Pequim. Ele foi citado como dizendo isso pelo programa Global Times.
Os Especialistas chineses também zombaram da ameaça militar da Índia depois que o ministro da Defesa indiano, Arun Jaitely, afirmou na sexta-feira que "a Índia de 2017 é diferente do que era em 1962", afirmou o relatório no Global Times.

O Global Times é conhecido por sua posição nacionalista.
"O fosso entre os militares da China e da Índia hoje é ainda maior do que em 1962, e espero que a Índia possa manter a calma por seu próprio bem", afirmou Hu.
Desde o impasse em 6 de junho, quando o Exército de Libertação do Povo (PLA) destruiu búngaros do Exército da Índia alegando que a área pertencia à China, a mídia chinesa carregou várias peças alertando a Índia por uma tensão de fronteira crescente.

Da fronteira Índia-China de 3,488 km de comprimento de Jammu e Caxemira para Arunachal Pradesh, uma seção de 220 km cai em Sikkim.

Fonte: ndtv.com

Mídia Chinesa: China terá que assumir o "caminho militar" se a Índia não ouvir. Reviewed by Conflitos Guerras on 01:38:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

All Rights Reserved by Conflitos e Guerras © 2014 - 2016
Designed by SoSothemes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.