Ultimas Notícias

recent

China adverte que guerra entre Coreia do Norte e EUA pode começar a qualquer momento

14 de abril de 2017 - 16:01:05 


Por Conflitos e Guerras

A China advertiu que o conflito na a Coréia do Norte pode sair "a qualquer momento" em meio a temores de que o país esteja se preparando para lançar um sexto teste nuclear ou mais mísseis, desafiando as sanções da ONU e os severos alertas dos EUA.

O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, disse que é necessário evitar que a situação na península coreana percorra "a uma rota irreversível".

Mais cedo, o vice-ministro das Relações Exteriores da Coréia do Norte culpou o presidente Donald Trump por tensões crescentes através de seus tweets e expansão de exercícios militares, dizendo que os EUA estavam se tornando "mais viciosos e agressivos" sob sua liderança de Trump que sob Barack Obama.

Estados Unidos

Donald Trump disse que o "problema" da Coréia do Norte "será cuidado" sem a ajuda da China caso seja necessário.

Um representante norte coreano disse a agencia de noticias Associated Press que o seu país irá a guerra se assim for escolhido
"Nós iremos para a guerra se eles escolherem

"O que quer que venha dos políticos dos EUA, se suas palavras forem projetadas para derrubar o sistema e o governo da RPDC, os rejeitaremos categoricamente", disse Han Song Ryol.
Os EUA enviaram um porta-aviões para águas ao largo da península e está conduzindo seus maiores exercícios militares conjuntos com a Coréia do Sul.

O Pentágono recusa-se em confirmar ou negar a veracidade de um relatório da NBC dizendo que um ataque dirigida pelos EUA sobre a Coréia do Norte poderia acontecer nas próximas 48 horas.

Japão

O japão deu uma clara mensagem de que irá se envolver no conflito ao enviar um grupo de destróiers que se juntará com o porta aviões norte americano USS Carl Vinson e a outros navios de guerra presentes na península coreana.

Alem dos destróiers, foi divulgado um vídeo onde vários aviões estão possivelmente estacionados na base aérea de Kadena no Japan, prontos para uma ação aérea conjunta com os EUA.


O governo japonês informou que aumentado os preparativos para uma operação emergencial de evacuação dos seus cidadães residentes na Coreia do Sul. Cerca de 57 mil japones vivem hoje no pais sul coreano.

os EUA e o Japão, realizaram um exercício aéreo que teve a das aeronaves HH-60 Pave Hawks, F-15 Eagles, E-3 Sentines e KC-135 Stratotankers.

China

A China também pode ter mobilizado cerca de 150 mil soldados na fronteira com a Coréia do Norte no domingo para bloquear possíveis imigrações e disse que uma possível guerra na região seria devastadora não tendo vencedores.

Um fato importante onde demostra que uma ação militar na Coreia do Norte estaria próxima foi a maior empresa aérea chinesa Air China, ter suspendido seus voos para o país vizinho.

De acordo com uma nota emitida pela empresa, a decisão de suspender os voos se da pelo motivo da baixa demanda.

Coreia do Norte

Pyongyang, por sua vez, disse está pronto para uma guerra com o EUA e em sua mais nova ameaça, falou que destruirá bases nortes americanas tanto na Coreia do Sul, quanto no Japão.

O Norte Coreanos também afirmaram, que caso sejam atacado, irão de vastar o seu país vizinho e lançar misseis nucleares em territórios americanos.

Kim Jong-un acredita que os ataques realizado na Síria, são uma demostração de força e uma advertência as suas intenções nucleares.

Outra demostração de força foi apresentada no Afeganistão, onde pela primeira vez, o EUA testaram a sua devastadora bomba convencional não nuclear que segundo o Pentágono, foi utilizada para destruir cavernas terroristas no país.


Russia

Já a Russia se pronunciou dizendo estar acompanhando de perto de com muita preocupação e desenrolar das tensões na região e exortou a todas as potencias envolvidas, a não agravarem a situação e resolverem o impasse nuclear da Coreia do Norte, por meios diplomáticos.

O governo russo informou que os seus cientistas nucleares disseram que, no caso do pior cenário, a contaminação radioativa ameaçará a península coreana, China e Japão.

"Nós analisamos a situação e calculamos os riscos, a Rússia está muito longe, mas a ameaça ainda preserva, é claro", disse Leonid Bolshov à Interfax, diretor do Instituto de Desenvolvimento Seguro de Engenharia de Energia Nuclear da Academia Russa de Ciências.

Segundo os cientistas, mesmo que os eventos se desenvolvam de forma militar, a nuvem radioativa não representará um grande perigo para a Rússia. 

O vento levanta-se para o Extremo Oriente e é como segue. Na primavera, os ventos sopram da China e do deserto de Gobi para o Oceano Pacífico e como conseqüência, a precipitação radioativa pode ocorrer no Oceano Pacífico.

No final do mês passado, 38 norte-americanos afirmaram que as imagens de satélite mostravam que o regime estava muito perto de realizar um teste nuclear, enquanto jornalistas estrangeiros na região foram alertados para se prepararem para um "evento importante" antes do maior feriado nacional da Coréia do Norte neste sábado.

O Dia do Sol comemora o nascimento de Kim Il-Sung, fundador e presidente da Coreia do Norte, que adotou o Il-Sung (do Sol) como um de seus nomes durante as campanhas de guerrilha na década de 1930.

O vice-presidente dos EUA, Mike Pence , também viajará para a Coréia do Sul no domingo, num sinal de compromisso de defender o país da agressão norte-coreana.

A Casa Branca disse que o objetivo da viagem era "consultar a República da Coréia do Sul, sobre os esforços da Coréia do Norte em desenvolver seus mísseis balísticos e seu programa nuclear".

Fontes: Pravdar.Ru / Independent.UK / The Duran / e outros
China adverte que guerra entre Coreia do Norte e EUA pode começar a qualquer momento Reviewed by Conflitos Guerras on 16:07:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

All Rights Reserved by Conflitos e Guerras © 2014 - 2016
Designed by SoSothemes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.