Ultimas Notícias

recent

Zika Virús é atribuído à mosquitos geneticamente modificadas por umaempresa britânica




Eles afirmam que a área onde eles foram liberados em 2012 mosquitos geneticamente modificados é onde a propagação do vírus começou. 

03 de fevereiro de 2016 - 20:40:57 

A propagação dramática do Zika Vírus, que vem gerando apreensão por todo o planeta, pode ter sido causada por mosquitos geneticamente modificados no Brasil.



Embora os especialistas internacionais de saúde tenham se reunido na segunda-feira em Genebra (Suíça) para discutir sobre o surto e possíveis curas de vírus Zika, surgem questões sobre se os mosquitos desenvolvidos por uma empresa britânica podem estar por trás de uma epidemia que começou a se espalhar na América através do Brasil e já infectou 20.000 pessoas na Colômbia.

Em meados de 2012, a empresa de biotecnologia britânica Oxitec, criado por cientistas da Universidade de Oxford, a fim de reduzir a população global de mosquitos transmissores da dengue, chikungunya e Zika Vírus, foram inseridos no Nordeste do Brasil.

Naquele tempo, as preocupações sobre a liberação desses mosquitos geneticamente modificados sem a realização de mais estudos sobre os possíveis efeitos colaterais, surgiram e criou polemica.




Eles afirmaram que a área onde os mosquitos geneticamente modificados foram liberados em 2012, é onde a propagação do vírus começou.


"É uma abordagem muito experimental não muito bem-sucedida e pode causar mais mal do que bem", informou em 2012 o Dr. Helen Wallace, diretor da GeneWatch instituto, o ao The Guardian.

Os primeiros casos de zika em humanos foram documentados no Brasil em maio passado, e hoje estima-se que poderia haver 1,5 milhões de pessoas infectadas.

Críticos da Oxitec, apontam que a área na qual os mosquitos com código genético alterado foram libertados, é o mesmo onde a propagação do vírus começou.


Desde o início do surto, foram reportados no Brasil mais de 4000 casos de bebês nascidos com microcefalia.

O programa visa Oxitec GM informou que apenas que mosquitos machos da subespécie Aedes aegypti foram liberados. 


Os mosquitos machos modificado, iriam acasalar com as fêmeas portadoras do vírus, que por sua vez teriam descendentes que morreriam antes de atingir idade de reprodução.

Mas especialistas contrários as práticas Oxitec, indicam uma comprovação de que se os mosquitos tiverem acesso ao antibiótico tetraciclina, que pode ser encontrado no solo, na água de superfície e em alguns alimentos, a taxa de sobrevivência deles poderia aumentar em até 15%, contribuindo para a propagação do vírus.

Contaminação por Relações Sexuais.

Autoridades de saúde do estado do Texas confirmaram nesta terça-feira que um paciente foi infectado com o zika vírus através de uma relação sexual.

O caso foi confirmado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos. O paciente foi infectado após se relacionar sexualmente com uma pessoa doente que havia retornado de um país onde o vírus está presente.

Em geral, o zika vírus se espalha através da picada de mosquitos. No entanto, cientistas têm explorado a possibilidade de que o vírus também possa ser transmitido através do sexo. Registros anteriores dão conta de um caso em que o vírus foi encontrado no sêmen de um homem no Taiti. Há também o relato de um pesquisador que foi infectado fora dos Estados Unidos e que depois o transmitiu à sua esposa, em 2008.

Autoridades de saúde lembram também que não há registros de que o vírus foi transmitido por mosquitos na região de Dallas.

Fonte: Associated Press / Hispantv
Zika Virús é atribuído à mosquitos geneticamente modificadas por umaempresa britânica Reviewed by Conflitos Guerras on 18:57:00 Rating: 5
All Rights Reserved by Conflitos e Guerras © 2014 - 2016
Designed by SoSothemes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.