Ultimas Notícias

recent

EUA, Coreia do Sul e chefes militares, prometem contra-atacar a Coreia do Norte.

Mapa das coreias em conflitos
Mapas das Coreias


SEUL, 22 de agosto - Os chefes militares da Coreia do Sul e os Estados Unidos, resolveram neste sábado, lançar um poderoso contra-ataque contra a Coreia do Norte, caso ela faça novas provocações, informou um militar em meio as ameaças de ataque por parte do Norte.

O presidente Sul-Coreano do Joint Chiefs of Staff (JCS) Adm. Choi Yoon-hee, e seu colega norte-americano General Martin Dempsey, também concordaram em buscar várias medidas "para dissuadir a Coreia do Norte de não lançar ameaças adicionais", informou um funcionário do JCS, atraves de uma conversa por telefone realizada no início do dia.

Os dois chefes militares também estavam na mesma página a respeito do status da atual seguranca na Península Coreana, disse o funcionário.

"O Exército dos EUA está pronto para fornecer qualquer tipo de apoio em caso de uma situação de emergência na Península da Coreia, em prol da paz e da segurança da República da Coreia", Dempsey foi citado como confirmando a informação durante a conversa telefônica.

O chefe militar dos EUA, general Curtis Scaparrotti, disse que vai cooperar estreitamente com a JSC sul-coreana, bem como o comandante das forças norte-americanas estacionadas na Coreia Coreia do Sul, como parte dos esforços de dissuasão.

Os aliados foram apertando os esforços de combate combinadas desde a explosão de minas terrestres na parte sul da zona desmilitarizada (DMZ) em 04 de agosto, que mutilou dois soldados sul-coreanos.

Terminando um hiato de 11 anos, a Coreia do Sul retomou transmissões anti-propaganda da Coréia do Norte ao longo da fronteira em retaliação do ataque que foi atribuído ao país comunista.

O Norte negou a acusação, e ameaçou tomar "forte ação militar" se o Sul não parar as transmissões e remover todas as instalações de radiodifusão.

Com a aproximação do fim do prazo, a Coreia do Sul colocou suas tropas da linha de frente no mais alto nível de vigilância, dizendo que as emissões continuarão se o Norte não aceita a responsabilidade e pedir desculpas pelo ataque mina terrestre.

Acredita-se que a campanha de propaganda contra o Norte, pode está gerando uma grande ameaça ao líder norte-coreano Kim Jong-un e sua liderança, que temem o fluxo de informações e críticas externas.

Fonte: Yonhapnews
EUA, Coreia do Sul e chefes militares, prometem contra-atacar a Coreia do Norte. Reviewed by Conflitos Guerras on 01:15:00 Rating: 5
All Rights Reserved by Conflitos e Guerras © 2014 - 2016
Designed by SoSothemes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.