Ultimas Notícias

recent

De olho na China, Índia enviará a sua maior frota naval para exercícios conjuntos com os EUA e Japão

07 de julho de 2017 - 02:01:03 


EUA, Índia e o Japão, estão se preparando para exercícios trilaterais da Malabar na próxima semana em meio a relatórios sobre o aumento da atividade chinesa no Oceano Índico.

Cerca de 6.500 marinheiros dos EUA e 700 da Força de Autodefesa Marítima japonesa deverão treinar ao lado da marinha indiana no exercício, que começa segunda-feira e termina em 17 de julho.

Os navios participantes por parte dos EUA, incluem o porta-aviões USS Nimitz e sua ala aérea, juntamente com o navio de cruzeiro USS Princeton e os Destróiers com mísseis guiados USS Howard, USS Shoup e USS Kidd,.

Segundo um comunicado da Marinha norte americana, um avião P-8A Poseidon projetado para vigilância, guerra anti-submarina e anti-superfície junto de um submarino de ataque rápido de classe de Los Angeles, também participarão dos exercícios.

Os navios japoneses incluem o Destróier, JS Izumo, o maior navio de guerra do país e o Destróier JS Sazanami, segundo um comunicado da JMSDF.

O treinamento no mar na Baía de Bengala terão como objetivo 
  • Familiarização submarina;
  • Exercícios de defesa aérea e guerra de superfície; 
  • Exercícios de visita, bordo, busca e apreensão; 
  • Guerra anti-submarina.
Essas informações foram passadas através de um o comunicado da Marinha. 

O treinamento Shore em Chennai, na Índia, consistirá em trocas operacionais de grupos, operações de patrulha marítima e reconhecimento, guerra de superfície e anti-submarina.

De acordo com o site de noticias NDTV o governo da India enviará a maior frota indiana já vista em um treinamento o que leva os analistas especularem que isso seria um ato de intimidação a China.

A China vem criticando o exercício anual onde um membro do governo publicou um editorial em dezembro, dizendo que o objetivo de Malabar é atacar as atividades de submarinos da China nos mares do Leste e do Sul da China. 

O editorial observou que tanto os EUA quanto as marinhas indianas operam variações do P-8 Poseidon.

O governo chinês também questionou o propósito da implantação do Izumo, que passou o tempo no Mar da China Meridional antes de se dirigir para a Índia, o que implica que o JMSDF está usando o navio para provocar a China. 

Ele transporta até nove helicópteros e conduz algumas operações de vôo semelhantes a um navio de assalto anfíbio dos EUA.
"Se isso é apenas sobre visitas normais e trânsito normal através do Mar da China Meridional, não temos objeção e esperamos que tais trocas normais entre países relevantes possam ajudar a promover a paz e a estabilidade na região.

Mas se estiver indo para o Mar da China Meridional por outros motivos, seria uma história diferente ", disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Hua Chunying.
Em uma transcrição no site do Ministério das Relações Exteriores da China o governo chines disse.
"Como realmente vimos o lado japonês despertar problemas na questão do Mar da China Meridional, esperamos que o lado japonês possa realmente desempenhar um papel responsável pela paz e estabilidade nesta região".
Múltiplos meios de comunicação indianos relataram que funcionários do governo afirmam ver um aumento significativo na atividade naval chinesa no Oceano Índico antes de Malabar, com um aumento no número de navios de guerra e submarinos chineses na região.

Tanto o Hindustan Times quanto o CNN-News 18 informaram que o navio de vigilância chinês HaiwangXiang foi detectado recentemente no Oceano Índico, presumivelmente com o objetivo de monitorar os exercícios.

Malabar, que começou em 1992 como um exercício bilateral entre os EUA e a Índia, atingiu o pico em 2007, quando a Austrália, Cingapura e o Japão foram convidados a participar. A iteração de 2008 consistiu apenas nos EUA e na Índia.

O Japão juntou-se novamente em 2009 e já participou regularmente desde 2014. Agora é considerado um membro permanente do exercício.

Fontes: Stripes News / ndtv
De olho na China, Índia enviará a sua maior frota naval para exercícios conjuntos com os EUA e Japão Reviewed by Conflitos Guerras on 02:11:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

All Rights Reserved by Conflitos e Guerras © 2014 - 2016
Designed by SoSothemes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.